Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Bimby

11.01.11

Outro dia apanhei um susto. Ia sendo atropelada? Alguém próximo de mim adoeceu repentinamente? Fui assaltada? Vi o Sócrates na rua?

NÃO! "Simplesmente" ... alguém se lembrou de mim para uma demonstração da panela Bimby!

 

Confesso que tive algum receio. Em primeiro lugar porque aquilo deve ter um poder alucinogénico muito particular e subtil, dada a rapidez com que tanta gente se converte a esta nova espécie de religião! Que os bispos da Igreja Universal do Reino de Deus investiguem e explorem o potencial dos demonstradores da Bimby porque aquilo há ali muita escola!!

 

Depois porque já fui alvo de uma demonstração (fui apanhada desprevenida e não consegui fugir) e não deixou de ser um momento algo confrangedor. Porque a demonstradora era uma super tia, com super caturreira, que só falava de almoçaradas com tios e tias e de como é prático e rápido e "super giro" (!!!), porque a minha habitual bocarra entrou logo em acção no preciso momento em que coloquei o pé na cozinha - "Isto é que é a bimby?!! Tão pequena!!" - e porque não consegui, de facto, e aqui tenho que reconhecer de que não serei uma das escolhidas para ver a verdadeira luz, vislumbrar grandes vantagens em comprar a panela em análise.

 

Talvez porque a fé dos seus seguidores é tão grande, tinha percebido que a mesma fazia tudo. Esta era, aliás, a expressão mais vezes usada para descrever a Bimby. «Não tens a panela Bimby? Tens que comprar. A Bimby faz TUDO."

 

Ora ... voltando à super tia ... quando a ouvi dizer que iria fazer um prato de bacalhau com natas pensei: «Tu queres ver que esta amostra mal aparada de panela vinda do espaço, com aspecto de que não leva um frango de aviário no percentil 75, afinal faz mesmo milagres?»... Confesso que me entusiasmei ligeiramente. Até porque adoro bacalhau com natas, desde que tenha alguém que me desfie o bacalhau. De preferência em lascas suaves e miúdas. Se a panela realmente fazia TUDO, neste "TUDO" estaria o desfiar do bacalhau com estas exactas características. E deixaria de ter que descascar batatas para fritar. Atirava as batatas lá para dentro e a panela Bimby encarregava-se do resto. Confesso que me veio à cabeça um dos episódios do Tal Canal, em que Herman, fazendo o seu "Cozinho para o Povo", colocava um frango ainda com algumas penas no forno e o mesmo saía temperado, partido, com batatas e umas folhinhas de salsa a decorar! Isto era uma revolução maior do que a descoberta da pilula contraceptiva! Era um novo libertar de soutiens por parte do género feminino!!

 

Quando começo a ver a senhora a explicar como se fazia a receita de bacalhau com natas na Bimby constatei, tristemente e já com vontade de me auto-mutilar, que aquilo não passava de uma panela de pressão com temporizador.

 

"Mas a panela Bimby não desfia o bacalhau?!", perguntei eu perante o olhar incrédulo da tia...

"Não, mas pode fazer molho bechamel se quiser fazer um prato de bacalhau diferente ", respondeu ela com algum receio.

"Mas para que raio quero eu fazer molho bechamel se o compro em pacotes sem sujar qualquer tacho?!"

"Mas repare que junta o bacalhau, as batatas palha e as natas e depois é só deixar a panela fazer o resto."

"Fazer o resto significa o quê? Mexer? Eu vou comprar uma panela de 1000 euros para poupar nas mexidas do bacalhau com natas?! ..."

 

Posto isto, agradeço o decoro de não me inscreverem em qualquer demonstração desta natureza! Para meu bem. E do demonstrador encarregue. 

publicado às 20:21


56 comentários

De Someone a 11.01.2011 às 21:49

Bem, deve ser mesmo uma maravilha se faz tudo o que dizem. Porém, os únicos acérrimos defensores que conheço são uma amiga que, além de gostar de fazer refeições muito reduzidas para o meu gosto, gosta pouco de ter que se ligar a tachos e panelas. Vá que o marido lhe ofereceu tal coisa mas ainda estou para perceber quem realmente beneficiou com tal aparelho.
O outro defensor é um solteirão que achou que o referido aparelho lhe proporciona "fantásticas" refeições. Inclusivé, afirmou, em tom jocoso, que a Bimby é a companheira ideal de um solteirão . Bem, eu tenho mesmo muitas dúvidas... mesmo que "ela" fosse a melhor cozinheira.

De http://storm-of-life.blogs.sapo.pt a 11.01.2011 às 22:08

"#%$"$?!?!?!?!?!

Pensar que um dia tal demonstração possa bater à porta de minha casa, adopto imediatamente a religião católica e digo: Deus me livre e guarde!!!!!

De Jorge Soares a 11.01.2011 às 22:18



Não, na realidade não faz tudo... mas desfia bacalhau..e dá um jeitão para quem é preguiçoso... mas eu continuo a achar que não vale os mil Euros..e que a comida feita da maneira tradicional sabe muito melhor que cozida por indução.

Belo post
Jorge

De Maria a 12.01.2011 às 15:31

Desfia o bacalhau?????? Como?

De Jorge Soares a 12.01.2011 às 15:56

Corta-se as postas em bocados mais ou menos pequenos, deitam-se os bocados lá para dentro, depois é uns segundos (poucos) em velocidade 4.... dependendo do numero de segundos fica mais ou menos desfiado... aliás, acho que isto vem explicado logo no inicio do livro de receitas.

Desfia o bacalhau da mesma forma que rala cebola ou cenouras.. ou outros vegetais.

Jorge

De Maria a 12.01.2011 às 16:23

Hummmmm ... mas tem que se mexer à mesma no bacalhau. Pouco adianta...

Pronto, estou mesmo de má vontade em relação à Bimby!!

De Jorge Soares a 12.01.2011 às 16:50

Deixa lá, eu andei anos com essa má vontade,,, e continuo a achar que não gastava os mil Euros... até que ma ofereceram.. e agora até invento receitas e tudo.

Ontem fiz puré de Batata Verde .. e todo o mundo lá em casa comeu bróculos sem reclamar

Jorge

De Maria a 12.01.2011 às 17:02

Então quando existir a versão acima da bimby e tu adquirires tal artefacto, alugas-me a tua velha bimby por um mês, para eu explorar melhor a coisa! Mas com o fartote que eu tenho de cozinhar, dúvido que lhe ache grande utilidade...

De Vekiki a 16.04.2013 às 10:05

Olá Suspeita :)
A Bimby desfia!
Bacalhau, pato, frango, perú....
Desfiar não é o mesmo que picar!
A Bimby tem uma velocidade inversa, o que significa que a lâmina quando gira não corta!
A Bimby é mesmo espectacular e indispensável numa cozinha do sec. XXI :)

De ana a 11.09.2013 às 11:45

Tenho uma, gosto, mas não acho indispensável. Uso-a em média uma vez por semana. A verdade é que muitos "donos" de Bimby´s continuam a cozinhar em tachos e a comprar comida fora. Para usar muito a Bimby também é preciso ter bastante disponiblidade de tempo, o que eu não tenho. Na venda um dos argumentos usados é o da poupança de tempo, mas no dia-a-dia, poupo mais tempo a cozinhar num tacho.

De DyDa/Flordeliz a 12.01.2011 às 00:22

Obrigada, muito obrigada mesmo.
Acabei de me sentir um ser novamente normal.
Começava a ter vergonha de admitir que nunca tinha visto uma Bimby ao vivo e a cores (cinza pronto!).
Tens a certeza que serve para cozinhar? Tantos botões....E espaço para enfiar um borrego dentro, tem?
1000€? Em tamanho XS?

De geriatriaaminhavida a 12.01.2011 às 08:47

Pois tambem eu não compreendo quem dá esse dinheirão por uma panela que faz o que as outras fazem. Apenas(segundo me parece) cozinha muito mais rapido.
Eu que detesto cozinhar, bem que adoraria ter algo milagroso.
Infelizmente milagres, não há!
Em relação a essas demosntrações tambem detesto e quando mas propoem nem sei o que dizer...quer dizer até sei, não tenho é coragem.
Passei por aqui sem pedir, penso que não se importará!
Um resto de boa semana

De Maria a 12.01.2011 às 11:00

Loool. Ri-me muito com o texto, está realmente engraçado!! Só quem não tem Bimby é que não compreende os beneficos do aparelho, a sério!! Eu tenho, é uma grande, mas grande ajuda. Poupo tempo, trabalho, faço refeições rápidas, variadas e saudaveis!! Só quem a tem consegue perceber que os 1000 euros foram realmente bem gastos!! Agora se ela descascasse batatas é que era:)

De Sara a 12.01.2011 às 16:35

Prontos, já me fartei de rir, e porquê? Porque tenho uma Bimby em casa há quase 1 mês, emprestada, claro e ainda não me convenceu sequer a ligar-lhe a ficha e experimentar, que era esse o intuito, isto porquê, porque o meu bacalhau com natas, lasanha, mousse de chocolate e afins são MUITO mas MUITO melhores que os feitos na Bimby, e sim, já experimentei, ainda por cima eu sou daquelas pessoas que suja poucas panelas e a cozinha não se desarruma mais por usar tachos, e ainda que use tenho lá a máquina de lavar para acabar o trabalho.
No entanto, aquilo que me dizem é que a bimby realmente é fantástica, que ajuda imenso e que é óptima para fazer doces, por este ultimo factor ainda bem que não tenho Bimby.

And ... também já me fizeram uma demonstração com lasanha, e no fim (sou assim como tu) perguntei à demonstradora se ela queria lá ir a casa comer uma lasanha à séria na semana a seguir levava ela os ingredientes :)))))

De Maria a 12.01.2011 às 16:59

Por acaso ontem perguntei a uma colega, que também tem a bimby e faz lasanha, se a dita é que empilha as camadas de massa, carne e por aí a fora!!... Ela explicou-me qualquer coisa mas, confesso, fiquei sem perceber quais as vantagens de fazer lasanha na Bimby!

De Jorge Soares a 12.01.2011 às 17:09

A lasanha não tem vantagem nenhuma.. excepto talvez que pica a cebola e os alhos em 3 segundos.. e ainda por cima, se seguires a receita do livro à risca, não sabe a nada...

De Inês a 14.03.2011 às 19:52

Peço desculpa pela intromissão, mas já que aqui vim parar, tinha que dizer qualquer coisa!
Isto porque sou agente bimby e não, não se trata de um culto nem algo do género, mas eu que detestava cozinhar e tudo me saía mal, com a bimby tornei-me uma boa cozinheira!
Mas é claro que quem não conhece é normal que duvide e questione muito a bimby e pelos vistos quem viu não teve uma demonstração por aí além!
A Suspeita, e como o nome indica, devia assistir de novo e ver como o bacalhau pode sair directamente do pacote para a bimby, ser cozinhado e desfiado de seguida sem lhe tocar!
Em relação à lasanha, os temperos cada um faz como quer, mas também não é nenhum segredo para a fazer nem com nem sem bimby! As vantagens é o que rende uma lasanha feita na bimby vs feita no tacho. Os temperos podem ser iguais aos que sempre se utilizou por isso não vamos passar a cozinhar pior se já cozinhamos bem!
Os doces ficam mais fáceis de fazer é um facto, mas somos adultos e sabemos controlar-nos, senão quando vamos ao supermercado, no corredor dos doces, desatávamos a comprar tudo e mais alguma coisa!

Mais uma coisa Suspeita, há alguma confusão ali com o bacalhau... A bimby pica os legumes, faz o refogado, coze o bacalhau e depois num tabuleiro coloca-se por cima das batatas-palha. De seguida faz-se 1L de bechamel sem trabalho nenhum e mais barato que 1L de compra, sendo este a principal vantagem = poupar (fazer caseiro em vez de comprar = + barato e + saudável).

Eu é que sou suspeita por falar bem claro, mas acho impossível alguém ter bimby e não a utilizar e gostar (isso de ter uma emprestada não é o ideal porque se não há uma explicação base, a pessoa não sabe as vantagens de usar uma bimby)...

De Miguitas a 19.04.2011 às 20:31

É pena ver tantos comentários negativos em relação à fantástica bimby. Sabem o que eu normalmente digo em relação a quem não quer, nem por sombras, uma bimby?? É o mesmo que dizer que prefere o tanque, à máquina de lavar a roupa!! Quando a maravilhosa máquina de lavar a roupa apareceu no mercado... "o quê?? eu deixar uma máquina lavar a minha roupa?? prefiro o meu tanquinho..."
Isto vai mudar! É só uma questão de tempo, vão ver!
Quanto à demonstração... às vezes a culpa é mesmo de quem faz a (má) demonstração. Ela serve pra mostrar todas as vantagens a tirar da máquina e pelos comentários que li aqui, deu pra ver que não foi mostrado isso. Pena...
Cumprimentos bimbólicos pra todos!
Miguitas

De Teresa a 03.11.2011 às 13:11

Olá! Realmente uma má demonstração. Eu comprei a minha Bimby no passado domingo e adoro cozinhar, já o fazia antes. O que me fez decidir pela Bimby foi o seguinte: Mudei de casa, sou solteira, não tinha electrodomésticos e pus-me a fazer contas ao que ia gastar se os comprasse individualmente - gastava muito, não tanto, mas assim só ocupo o espaço de um e tenho muitas oportunidades para a fazer render - se comprar só leite, em poucos minutos posso fazer queijo, manteiga, natas..., se comprar fruta tenho gelados, batidos, compotas, sumos, granizados...! São só exemplos. E a ideia é adaptar as nossas receitas às velocidades e temperaturas da bimby, e não temos que estar sempre a correr para a cozinha para não deixar pegar ou queimar. O valor que se gasta na bimby poupa-se rapidamente em supermercado, contas da casa e tempo; já fiz as minhas contas e compensa. Não impinjo a Bimby a ninguém, eu própria era contra e chamava-a de BimbA e agora olha...;)

De Vera a 04.06.2012 às 18:51

Que grande relato, sim senhora. A Senhora do Blog deve ser uma frustada armada em mete nojo. Não quer comprar não compre, mas sai a dizer tanta bestialidade....haja paciência. Nunca li tanta estupidez junta numa única página, sim senhora...entrada directa para o Guiness. Eu tenho uma Bimby, já cozinhava antes de a ter, e sei cozinhar mt bem. A bimby só veio acrescentar valor à minha cozinha, uma mais valia que recomendo a toda a gente, minimamente inteligente lá está. Se vai comprar uma bimby a pensar que é uma panela de pressão, SOS~. Para começar e dada a ignorância atestada de quem escreveu o blog, a panela de pressão atinge acima dos 100 graus tendo em conta que não pode controlar a temperatura com que vai cozinhar determinado alimento, já a Bimby permite. A Bimby, minha senhora, são, no minimo, 10 máquinas numa só. Mas acredite que não vou perder o meu valioso tempo a explicar a quem nem merece tal explicação, oq ue faz realmente a Bimby. Para as restantes, que possam estar minimamente interessadas, na minha bimby faço as delícias dos meus pequenotes e tb dos mais velhos, desde iogurtes, manteiga, doces, qualquer um , nectares de fruta naturais e sem qualquer porcaria que os de pacote tem. bolos, e lá está, cozinhar. Confesso que utilizo mais para outro tipo de coisas que não faria se não tivesse Bimby, mas faço maravilhosas refeições também, que sem Bimby dariam MT trabalho, e com 4 filhos tempo para desperdiçar não tenho de certeza absoluta. Não gostem não comprem, mas não falem de borla pois fica muito mal. Quanto à bimby ser uma relegião, haja paciência para tamanha anormalidade, a senhora deve ter uma frustação qualquer, oculta, além de que a inveja é uma coisa do pior. Quem desdenha quer comprar (e se calhar não pode), mas isso são outros quinhentos.
Pode até apagar ou não postar esta mensagem, o que mostraria que na realidade sabe criticar mas sabe muito pouco lidar com a critica :)

Muito boa tarde, de alguém que tem bimby e sabe melhor do que a senhora quais as potencialidades da mesma.

Vera

De Maria a 04.06.2012 às 22:37

"Frustrada armada em mete nojo" é uma expressão que não costumo utilizar, nem mesmo quando o assunto é sério e relevante. Quando alguém utiliza estes termos simplesmente porque discorda da opinião de outra pessoa relativamente a uma ... panela (mesmo que essa seja a Bimby!!), não sei então qual será a mais frustrada...

De Ana a 23.09.2012 às 20:39

ahahaah ... Parece que a Bimby é mesmo uma religião! Acho que se vai iniciar uma intifada nesta página. Estou desejando de ler os próximos comentários
Eu vou adquiri uma agora mas depois do comentário da Exma Sra Vera receio pela minha sanidade mental após utilizar a máquina... estou a começar a ficar com medo... se calhar é melhor desistir

De Maria a 25.09.2012 às 10:14



Pois, um pouco de cautela é recomendada!

De Rogerio a 07.02.2013 às 22:45

A Sra. D. Vera é que deve ser uma frustrada, se se eriça toda com a opinião de uma pessoa na internet. Caso não saiba somos livres de dizer o que pensamos (com muito poucas excepções), e no caso específico de um blog de internet fica-lhe muito mal estar a ditar as regras que os outros devem ou não usar para formular a sua opinião senão são frustrados. Suponho que não conheça a Suspeita, e ainda assim não conseguiu deixar de opinar sobre a sua personalidade, eu vou seguir as suas pisadas e achar que a Sra. D. Vera é um bocado idiota.

A Bimby é um culto, sim. A malta conhece a Bimby, gosta, apaixona-se, e defende-a. Não é diferente das paixões pelos clubes de futebol, ou por outras religiões.

Há muitas máquinas tecnicamente equivalentes à Bimby, mas não são tão conhecidas. Tal como em Portugal as pessoas são maioritariamente Cristãs porque não conhecem o Islamismo, ou o Budismo, ou outras. Por isso sim, o fascínio pela Bimby em Portugal é muito parecido com uma religião, mesmo que a Sra. D. Vera não tenha a capacidade intelectual para o compreender.

A Bimby tem uns 140 euros em componentes, e o custo real da máquina deve andar por esses valores tendo em conta que o investimento no desenvolvimento deve estar mais do que amortizado. As outras máquinas concorrentes têm também o mesmo valor em peças (sendo equivalentes só podia!), e é por isso que as concorrentes mais baratas estão à venda por uns 250 ou 300 euros (aos 140 há que somar uns 40% para uma cadeia normal de distribuição, e uns 30% para carga fiscal).

Então se a Bimby é a mesma coisa que as outras porque é que há tanta gente apaixonada por Bimby's e poucos conhecem as concorrentes (equivalentes)?

Simples. A Bimby tem uma cadeia de distribuição muito cara, mas que resulta muito bem num mercado como o nosso. O facto de ter uma apresentadora a explicar e a dar-lhe a provar os pratos é muito mais convincente que uma máquina calada e quieta numa prateleira da Worten ou do MediaMarkt. O livro de receitas está muito bem estudado para agradar universalmente, e como a máquina está bem caracterizada pelo fabricante a comida sai sempre bem (e igual). E isso ajuda tem muito a convencer os clientes.

A questão de quanto a Bimby poupa, o pouco tempo que demora a recuperar o dinheiro, as refeições sairem mais saudáveis, isso é tudo uma amálgama de ideias de consubstanciação difícil ou impossível. Por exemplo, ao fim de 1000 refeições a Bimby ainda custa 1 euro por refeição, quanto tempo demora a recuperar isso a ganhar 15 cêntimos em cada iogurte? Claro que as pessoas não sabem contar o gasto em electricidade, por isso acham que é desprezável, mas faz com que recuperar o dinheiro a fazer iogurtes e gelados seja de difícil a impossível. As refeições sairem mais saudáveis também é discutível, uma coisa com menos conservantes não é forçosamente mais saudável, pois quando não há conservantes há bactérias a atacar. E, claro, para pessoas que, como eu, não gostam de "limonada com casca" então a Bimby não sabe fazer limonada, logo não é comparável com limonada "a sério". E um gelado de pêssego que é, na prática, gelo+pêssego picados também não se compara com um bom gelado de compra.

Poderíamos discutir isto eternamente. O que é indiscutível, Sra. D. Vera, é que cada um tem o direito de gostar ou não, e de achar que a coisa se parece com uma religião ou não. Eu já fui a umas 8 ou 9 demonstrações da Bimby, e o bacalhau com natas rapidamente perdeu a graça. A lasanha vai pelo mesmo caminho, mas sendo menos popular em demonstrações ainda não cheguei lá. Se no fim os pratos têm que ir ao forno a gratinar então já não é para mim, e se souber fazer contas vai ver que o desperdício em electricidade (ou gás) será gigantesco. Se não descasca batatas e não as frita então não é para mim, bacalhau com natas feito com batata palha é categoria B no meu catálogo.

Eu julgo que a Bimby é o produto ideal para quem não sabe cozinhar. São essas pessoas que mais beneficiam. Quem sabe cozinhar pode apreciar a Bimby, e pode achar que é uma boa ajuda, mas certamente gostaria igualmente (ou mais até) de produtos concorrentes da Bimby (se os conhecesse). Isto porque quem sabe cozinhar só precisa dos aspectos técnicos da máquina e não das receitas, e máquinas tecnicamente equivalentes à Bimby há muitas.

De Maria a 07.02.2013 às 23:12

Rogério, obrigada pela sua explicação, na minha opinião tão clarividente.

De Anónimo a 07.03.2013 às 11:07

Céus!!!! Como é possível tanta ignorância!!!!!!

De Patrícia Barriga a 28.05.2013 às 14:47

Vera, a forma como expressa sua opinião, que apesar de me parecer sem dúvida mais esclarecida do que a da Suspeita (por não ter a máquina), deixa à vista a sua pouca elegância e educação (que ninguém é obrigado a ter), mas sobretudo o respeito pelo próximo e incapacidade para aceitar que os outros possam ter opiniões diferentes da sua. A dona do blog não apagou o seu comentário, o que só a envergonha a si (Vera) e demontra que apesar de ofensivo, não a atingiu minimamente e que ela é uma pessoa completamente aberta ao debate de ideias e opiniões (mais ou menos esclarecidas).
Não lhe ficava mal um pedido de desculpa...

De ana a 11.09.2013 às 11:50

"Quem desdenha quer comprar...", etc. Eu comprei e estou quase a desdenhar. Que mau feitio, D. Vera.

De Filipa a 27.08.2014 às 17:18

Pois eu não tenho porque não posso, senão já estaria aqui em casa.
Deve ser muito bom chegar a casa orientar e não estar preocupada se queima, se agarra... e ir fazendo tudo o resto que é necessário. Penso que deve ser a maior vantagem

Comentar post


Pág. 1/3



Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

  Pesquisar no Blog

LIVRO SUSPEITO



Arquivo

  1. 2013
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2012
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2011
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2010
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2009
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2008
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2007
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D



Suspeitos Infiltrados

contador de visitas gratis
contador de visitas gratis